Policial

Golpe do falso relacionamento virtual é aplicado em Ajuricaba; Veja orientações para não cair

Apenas na manhã de segunda feira (03), a Brigada Militar de Ajuricaba recebeu duas comunicações de vítimas do relacionamento virtual através de rede social Facebook.

Conforme a BM, o crime ocorre da seguinte maneira: uma pessoa identificando-se como mulher pede amizade no Facebook para a possível vítima, geralmente do sexo masculino. Após aceitar a amizade, iniciam conversas pelo Messenger. Logo pede fotos intimas ou algo do gênero. Mesmo a pessoa não mandando fotos, a suposta amiga manda fotos e vídeos de cenas íntimas. Em ato contínuo inicia-se outra conversa, com o suposto pai ou até mesmo um suposto policial, falando que a mulher com quem trocou mensagens é menor de idade e que irá registrar o fato na polícia, dizendo que cometeu crime de pedofilia. Então, para não registrar passa a pedir dinheiro à vítima, e que, se não pagar, irá divulgar o ocorrido em redes sociais ou prosseguir com registro policial.

PATROCINADO - A NOTÍCIA CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A Brigada Militar alerta para que todo e qualquer tipo de chantagem realizado por redes sociais, Facebook, ou WhatsApp, procurem a Brigada Militar ou a Polícia Civil afim de obter orientações. Jamais façam pagamentos ou depósitos sem antes consultar a polícia local.

A Brigada Militar pode ser comunicada ou solicitada através do telefone (55) 99699-5596.

PATROCINADO - A NOTÍCIA CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo