Policial

Posto de combustíveis é multado por não obedecer Decreto Municipal

Brigada Militar e Fiscalização Sanitária e Ambiental do município realizaram a intervenção em um estabelecimento comercial na noite de ontem (10). A ação aconteceu em um posto de combustíveis, onde havia aglomeração de pessoas ingerindo bebidas alcoólicas, após o horário determinado no Decreto Municipal, que indica o limite de atendimento ao público até às 20 horas.

Ao chegar no local, fiscais e policias realizaram contato com responsável pelo estabelecimento, o qual foi multado pela fiscalização pelo descumprimento do decreto municipal. De acordo com a Fiscalização, o estabelecimento foi comunicado diversas vezes verbalmente, também através de documento e, por fim, esgotados as tentativas de entendimento, com a intervenção e multa.

PATROCINADO - A NOTÍCIA CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Conforme a BM, durante a lavratura do auto de infração, aproximou-se das autoridades municipais uma pessoa identificando-se como vereador, questionando a ação dos fiscais, fazendo com que mais pessoas se inflamassem contra os agentes de fiscalização. Devido às palavras proferidas por algumas pessoas enquadrarem-se no crime de desacato a autoridade, pelo menos duas pessoas foram detidas no local e conduzidas até o pelotão da Brigada Militar para lavratura de Termo Circunstanciado.

Enquanto os policias locais realizavam a lavratura da documentação, aproximaram-se da sede do pelotão mais pessoas, que sobre o portão do quartel ameaçavam os policias que trabalhavam, afirmando que iriam invadir o local além de proferir calúnia contra os policias. A Brigada Militar solicitou, então, apoio da Força Tática de Ijuí, que após comparecer no local, também foi hostilizada. Foi realizado a detenção das pessoas que ameaçavam invadir a Brigada Militar, sendo então lavrado mais um Termo Circunstanciado por resistência, desacato e desobediência.

A Fiscalização Sanitária comentou para o Ajuricaba.com que não está proibida a abertura de lojas de conveniência, mas estas precisam respeitar o que determina os Decretos Estadual e Municipal.

“É sabido que todos precisam trabalhar para manter seus negócios, porém, nesse período devem ser tomados os cuidados a fim de evitar proliferação da doença”, comenta o tenente da Brigada Militar, Leonardo Radons.

A Brigada Militar pode ser comunicada ou solicitada através do telefone 9 9699-5596.

PATROCINADO - A NOTÍCIA CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar