Exibir tudo

Região – Cruz Alta: Seis são presos em operação contra crimes rurais

O grupo era especializado em roubo de pivôs dos sistemas de irrigação das lavouras

Foto: Polícia Civil (Cruz Alta)

Seis pessoas foram presas preventivamente durante a Operação Clandestinos em Cruz Alta. Conforme a Polícia Civil, o objetivo foi desmantelar um grupo criminoso conhecido por furtos a propriedades rurais na região. Os criminosos têm como especialidade atacar os pivôs dos sistemas de irrigação das lavouras, roubando o cobre existente no sistema. Foram cumpridos, ainda, sete mandados de busca e apreensão.

Conforme o delegado Rafael Santos, titular da Delegacia de Polícia Especializada na Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato (Decrab), desde o ano passado, foram registradas mais de 30 ocorrências de furto em sistemas de irrigação na região.

PATROCINADO - A NOTÍCIA CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A região de Cruz Alta é essencialmente agrícola, com extensas áreas destinadas à agricultura e uma concentração grande de pivôs, que são utilizados para a irrigação das lavouras. Assim como ocorre nos furtos dos cabos de telefonia e de rede elétrica, o objetivo dos criminosos é o cobre, metal que depois é vendido para empresas que trabalham com o recebimento deste tipo de material.

Em cada ação criminosa, o grupo chegava a extrair de 200 a 300 quilos de cobre. O valor pago pelo metal pode chegar a R$ 20 o quilo.

Segundo o delegado, os bandidos costumavam circular pelas localidades durante o dia e escolher os alvos. A ação era sempre noturna e com emprego de veículo para transportar o material furtado. Após o crime, o material era dividido entre os integrantes do grupo. Santos conta que a atividade era bastante lucrativa, tanto que os indivíduos planejavam comprar um veículo que seria utilizado somente para a prática de crimes. No curso da investigação, também foram apuradas práticas de abigeato e participação em rinhas de galos por integrantes do grupo.

PATROCINADO - A NOTÍCIA CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Share via
Copy link